sábado, 20 de setembro de 2014
Livro: Querido John
Sinopse: "Querido John" narra a história de um jovem soldado americano, John, que se apaixona por Savannah uma estudante conservadora. Quando Savannah Lynn Curtis entra em sua vida, John Tyree sabe que está pronto para começar de novo. Ele, um jovem rebelde, se alista no exército logo após terminar a escola, sem saber o que faria de sua vida. Então, durante sua licença, ele conhece Savannah, a garota de seus sonhos. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah jure esperá-lo concluir seus deveres militares. Mas ninguém pôde prever que os atentados de 11 de Setembro pudessem mudar o mundo todo. E como muitos homens e mulheres corajosos,John deveria escolher entre seu amor por Savannah e seu país. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, John descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.

Resenha: Quem nunca chorou com uma história de Nicholas Sparks? Se você nunca leu uma obra desse autor tão famoso não pode mais perder tempo, compre logo um livro dele! Querido John é um obra que o filme já é muito conhecido então com certeza você ouviu falar da história,porém, o livro é realmente insubstituível. Na história narrada pelo livro Savannah é muito mais que a menininha boa que quer ajudar a todos, ela tem uma história de vida muito triste, foi muito bom conhecer esse lado dela. Também conhecemos a fundo a personalidade do John na adolescência e podemos ver o quanto ele realmente também é bom.
''O amor deles se tornou tão forte, que foi capaz de resistir à saudade, ao tempo. Eles enfrentaram de tudo para ficarem juntos. Tiveram diversos momentos difíceis, onde brigavam, discutiam. Coisas óbvias de uma vida a dois - um amor próximo a realidade, que tem falhas, defeitos, onde nem tudo é belo e maravilhoso''

Esse livro acabou comigo, pois muito mais que o amor desses dois essa obra também fala do amor do John por seu pai e o amor desse por moedas. É muito especial a forma como autor lida com essa relação de pai e filho, me emocionei muito, pois muito mais de ter que aprender a lidar com o pai, John aprendeu a vê-lo de uma forma especial devido a Savannah. 
Amar às vezes é dar a chance do outro seguir sua vida sem você, isso me faz chorar até hoje. Entretanto acho que acabei entendendo esse pensamento do autor. Não vou enganar vocês odiei por muito tempo Nicholas por causa desse final, mas pensando agora, embora triste é um final lindo. John Tyree evoluiu de um jovem rebelde para um homem mais do que apenas bondoso, um homem maravilhoso. Savannah, acho que embora já tenha lido esse livro a um bom tempo, eu não consigo perdoá-la. Pode ser egoísmo meu, mas não acho certo alguém ser boa de mais a ponto de deixar o homem da sua vida ir.  
Entre soluços e lágrimas eu com certeza recomendo esse livro. Leiam e depois me digam se concordam comigo.
Link para baixar a versão em pdf: http://lelivros.club/book/download-querido-john-nicholas-sparks-epub-mobi-pdf/
Não esqueçam de se gostar adquirir a versão impressa bjos!
sexta-feira, 19 de setembro de 2014
Ideologia no senso comum é usado para determinar um conjunto de ideias e pensamentos de uma pessoa ou um grupo. Todo mundo possui várias formas de pensar e muitas vezes possuir ideias em comum é o que aproxima as pessoas. Entretanto pensadores como Karl Marx pensava na ideologia pelo aspecto crítico, e considerava ela uma forma de dominação e persuasão. Marx, ligava a ideologia aos sistemas teóricos (políticos, morais e sociais) criados pela classe social dominante. De acordo com Marx, a ideologia da classe dominante tinha como objetivo manter os mais ricos no controle da sociedade.
No século XX, varias ideologias se destacaram:
- Ideologia fascista: implantada na Itália e Alemanha, principalmente, nas décadas de 1930 e 1940. Possuía um caráter autoritário, expansionista e militarista.
- Ideologia comunista: implantada na Rússia e outros países (principalmente do leste europeu), após a Revolução Russa (1917). Visava a implantação de um sistema de igualdade social.
- Ideologia democrática: surgiu em Atenas, na Grécia Antiga, e possui como ideal a participação dos cidadãos na vida política.
- Ideologia capitalista: surgiu na Europa durante o Renascimento Comercial e Urbano (século XV). Ligada ao desenvolvimento da burguesia, visa o lucro e o acumulo de riquezas.
- Ideologia conservadora: ideias ligadas à manutenção dos valores morais e sociais da sociedade.
- Ideologia anarquista: defende a liberdade e a eliminação do estado e das formas de controle de poder.
- Ideologia nacionalista: exaltação e valorização da cultura do próprio país.



Uma ideologia usada pela classe dominante para alienar o povo e a Meritocracia. Todo mundo já ouviu ou já falou: ''Todos tem as mesmas oportunidades na vida''. Bem isso é só uma das ideias muito propagadas na sociedade capitalista, para justificar o fato de uma pessoa ter tudo e outra não é simplesmente devido as questões de talento, esforço e mérito. Essa ideologia já está tão naturalizada na sociedade que é difícil para alguns aceitar isso, mas NÃO as pessoas NÃO tem as mesmas oportunidades numa sociedade capitalista. Meritocracia é uma forma de você achar que as pessoas que não tem nada são culpadas por isso, sendo que a culpa é simplesmente do regime em que vivemos, onde um jovem rico sempre vai ter preferência a um jovem morador de favela.

terça-feira, 26 de agosto de 2014
Bem gente, eu andei um pouco ocupada, mas agora eu estou de volta e tenho mais um livro para apresentar a vocês.
TÍTULO: Entre o agora e o nunca Livro 01 J. A. Redmerski
SINOPSE: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.
Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.
Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.


#Resenha: Bem eu li esse livro em dois dias, achei bem viciante e interessante. Quando eu li a sinopse eu já estava imaginando um livro marcado pelo drama, mas se engana quem pensa que não vai rir bastante com essa história. Quanto a chorar, relaxe! Eu que sou bem emotiva derramei apenas algumas lágrimas durante essa leitura. Cam é uma pessoa admirável, ela tem basicamente muito peso nas suas costas e acaba acumulando isso durante muito tempo, até que o estremecimento na sua relação com a Nat é o estopim para ela pegar a mochila e viajar sem um destino real. Andrew é engraçado e provocante, tem uma mentalidade que você pode até meio que julgar,mas aos poucos você entende e se apaixona ainda mais, o segredo dele realmente me surpreendeu e achei bem legal a forma como a autora lidou com isso no final, sem contar que na última ''cena'' eu chorei devido a insinuação que ela faz (não posso falar mais se não vou dar SPOILER), mas depois foi só alegria quando ela concluiu a história e vi o final. Adorei a forma que Redmerski meio que fez do Andrew o cara fortão e gato, mas também o cara que curte rock clássico, tem dificuldades para demonstrar emoções devido a sua criação e romântico a ponto de ter uma tatuagem de Orfeu e procurar uma mulher para ter a da Eurídice. Outro ponto positivo foi a narração em alternância,pois assim foi mais fácil conhecer e entender os personagens e é impossível não rir das piadinhas sujas que passam na cabeça um do outro! Super recomendo esse livro e se vocês gostarem poderão baixar a versão em pdf no link abaixo, bjos!

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Sinopse - O Garoto da Casa ao Lado - Coleção Garoto - Vol. 1 - Meg Cabot

O garoto da casa ao lado é o novo livro de Meg Cabot, autora da série O diário da princesa, um fenômeno mundial da literatura juvenil que já vendeu mais de cem mil exemplares no Brasil. Neste novo romance, a autora mistura amor, comédia e suspense aliados ao estilo nova-iorquino, e não decepciona seus fãs.

Escrito em forma de mensagens de e-mail, 'O garoto da casa ao lado' revela a história de Melissa Fuller, uma jornalista de celebridades que está prestes a perder o emprego. Numa certa manhã, Mel está 68 minutos atrasada para o trabalho, completando assim seu 37º atraso no ano. Um recorde. O departamento de Recursos Humanos já lhe mandou um memorando oficial sobre o assunto, seu chefe duvida seriamente do seu compromisso com o jornal e, além disso, até sua melhor amiga anda preocupada com seu bem-estar psicológico. Contudo, dessa vez, ela tem uma desculpa de verdade - estava socorrendo Helen Friedlander, sua vizinha de oitenta anos, que entrou em coma após levar um golpe na cabeça, em conseqüência de um misterioso atentado.


Resenha: 

       Bem após ler meu primeiro livro em formato de email parece que eu não irei parar mais, acho o formato bem interessante, pois atiça a curiosidade do leitor por ele sempre ficar sabendo o que aconteceu depois da ação. O primeiro volume da Coleção Garoto começa bem interessante, porém sua história é previsível e no meu caso decepcionou bastante com o final. A história e o clássico dilema de ''Conheci uma pessoa incrível, porém menti para ela me passando por outra pessoa, o que eu faço?'' e como em 99,9% das histórias envolvendo esse enrendo a mocinha acaba descobrindo a farsa do cara exatamente um pouco antes de ele próprio contar. Achei as características do John bem interessante para o personagem, porém em um livro que há um certo suspense era de se esperar que ele como jornalista de casos polícias pudesse desenvolver mais o caso, mas não foi isso que a Meg Cabot fez. O final com certeza foi a parte mais ''brochante'' do livro, pois o que deveria ser o mistério da história acaba não sendo tão surpreendente e tudo ter sido concluído de uma forma muito rápida. O livro não é ruim, mas eu não gostei do percusso que ele teve. 


Espero que tenham gostado, se quiserem o livro na versão em pdf é só deixar o email nos comentários! 
                                                                   
                                                                                                                                                                      BEIJOS.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014
Título: Onde terminam os arcos-íris.
Autor: Cecelia Ahern
Sinopse: Um encantador romance sobre dois amigos de infância com quem o destino parece brincar. De crianças travessas a adolescentes rebeldes, Rosie e Alex uniram-se como unha e carne, mas a família de Alex se muda e eles se separam. A mágica conexão entre os dois acompanha os altos e baixos da vida de cada um, mas nenhum deles sabe se sua amizade conseguirá sobreviver à distância. Mal-entendidos, circunstâncias e a mais absoluta má sorte os mantiveram separados. Mas quando se virem diante da última oportunidade, apostarão tudo em nome do verdadeiro amor?

Resenha: Bem, esse livro com certeza entrou no meu top 10, achei a leitura bem interessante e definitivamente uma boa história!
O início do livro chegou um pouco a me assustar devido a sua estrutura em forma de cartas,email, mensagens de msn, nunca tinha lido um livro em que a história fosse passada dessa forma,sem contar que ao acompanharmos a evolução dos personagens percebemos que erros ortográficos antes cometidos acabaram, ou não, nunca vou conseguir olhar para a palavra ''SEI'' sem lembrar de ''CEI'' kkkkkk
Rosie coitada, é a personagen com mais força de vontade que já vi, o destinho nunca foi muito bondoso com ela, por vezes a vida dela ficou de cabeça para baixo,mas ela sempre seguiu em frente, às vezes desanimou, mas persistiu e no meio disso tudo una única coisa permaneceu: sua amizade de infância com Alex. Uma amizade inseparável que mesmo a distância, o tempo e muitoos mal entendidos sempre só aumentou e acabou se tornando algo novo para ambos,porém como eu já disse o destino não foi fácil para eles, resta saber se no meio de tantas confusões eles conseguiram se encontrar, eu já descobri, mas não vou dar Spoiler kkkkk
Bem super recomendo esse livro, eu ri, chorei e me envolvi completamente em sua leitura. Love, Rosie a adaptação desse livro para o cinema estreia dia 8 de Janeiro no Brasil, eu não vou perder e espero que vocês não!!!
Quem gostou e quer ler o livro pode deixar o email nos comentários que eu mandarei a versão em pdf, mas não esqueçam de adquirir a versão impressa depois.

                                                                                             

segunda-feira, 21 de julho de 2014
                                                    Era tão bom, 
                                                   eu aproveitei,
                                          mas ainda sim, sinto saudade.
                               Afinal de contas não é nos tempos difíceis
                       que queremos a facilidade dos tempos da nossa infância?


                             Algumas pessoas lidam melhor do que eu com a vida,
                                                         eu as invejo.
                              Queria ter essa graciosidade para lidar com tudo,
                                                         e sobretudo,
                               queria ter ignorância para não saber de nada.
                                                    Queria sentir menos,
                                 Queria que a dor do Mundo fosse menor
                                 e que as minhas feridas finalmente cicatrizassem..




Autoria: Rayane Fontes
domingo, 20 de julho de 2014
(Resenha) Destino- Ally Condie.

Sinopse: Cassia tem absoluta confiança nas escolhas da Sociedade. Ter o destino definido pelo sistema é um preço pequeno a se pagar por uma vida tranquila e saudável, um emprego seguro e a certeza da escolha do companheiro perfeito para se formar uma família. Ela acaba de completar 17 anos e seu grande dia chegou: o Banquete do Par, o jantar oficial no qual será anunciado o nome de seu companheiro. Quando surge numa tela o rosto de seu amigo mais querido, Xander – bonito, inteligente, atencioso, íntimo dela há tantos anos -, tudo parece bom demais para ser verdade.Quando a tela se apaga, volta a se acender por um instante, revelando um outro rosto, e se apaga de novo, o mundo de certezas absolutas que ela conhecia parece se desfazer debaixo de seus pés. Agora, Cassia vê a Sociedade com novos olhos e é tomada por um inédito desejo de escolher. Escolher entre Xander e o sensível Ky, entre a segurança e o risco, entre a perfeição e a paixão. Entre a ordem estabelecida e a promessa de um novo mundo.

Bem o primeiro livro da trilogia Matched realmente me surpreendeu, não que ele seja espetacular, mas eu não dava muito por ele assim que comecei. Minha opinião é que ele é um livro interessante, porém não é um distopia que me prendeu tanto. Logo na sinopse do livro fiquei empolgada pela ideia do triângulo amoroso, porém ao decorrer do livro isso não acontece, pois a personagem principal tem seus sentimentos bem definidos e o leitor desde o começo já percebe isso. Um ponto bem positivo é que eu adorei as características tanto físicas como mentais dos 3 personagens principais, Cássia com seus cabelos castanhos avermelhados e olhos verdes, é corajosa e inteligente, Xander  com seus cabelos loiros e olhos azuis é inteligente e fofo e Ky tem cabelos escuros e olhos azuis que refletem sua sensibilidade é calmo e quieto, mas aos poucos vai contando sua história. Um ponto negativo é que a histórias às vezes é cansativa e previsível, mas devo admitir que Ky é o típico personagem apaixonante, com sua história difícil e sua personalidade torço por ele, e quero que ele possa se mostrar ainda mais na continuação do livro.

Gostou? Quer dar uma olhadinha no livro? mande seu email e eu te mandarei a versão em pdf para que mais tarde vc possa adquiria a impressa!



Curte aí!

Quem sou eu

Minha foto

Confusa porém decidida, simpática mas tenho meu momentos de raiva. Dizem que sou a nerd mais maluca que conhecem. A combinação dos meus defeitos e de minhas qualidades me fazer uma pessoa ao menos suportável aos olhares dos outros.
Tecnologia do Blogger.

I Love Blogs

Seja Bem Vindo!

About this Blog

Twitter Updates

Pages

Google+ Followers

Follow by Email

Mais Lidos

Seguidores

Pesquisar este blog